Instituto Machado de Assis insiste em descumprir cronograma do concurso

Instituto Machado de Assis, empresa que organiza o concurso público para provimento de cargos da Prefeitura de SBRP, insiste em descumprir os prazos determinados em seus avisos e editas como se realizar concurso público fosse uma simples brincadeira ou uma forma de ganhar dinheiro sem as devidas responsabilidades.
Já tratamos em postagens anteriores da incapacidade de essa empresa realizar um concurso de tamanha magnitude e importância com o zelo que a população de SBRP merece.
O último cronograma divulgado pela empresa em 11/02, previa para o dia 21, sexta-feira da semana passada, a divulgação do resultado dos recursos contra o resultado das provas objetivas. Essa divulgação não se deu.
O cronograma fajuto também previu para terça-feira passada, dia 25/02, a publicação do resultado das provas de títulos e o resultado final do concurso. Essa divulgação também não ocorreu.
Além de não publicar o que previu nos comunicados, a empresa também não publica nenhuma comunicação aos candidatos, o que a coloca em descrédito perante os candidatos e a população em geral.
Recebemos há alguns dias e-mail de um candidato com o seguinte teor:
"Venho por meio desta, expor a este conceituado blog para divulgação e para ser informado também ao Núcleo de Defesa dos Direitos da Cidadania desta, e levado ao Ministério Público a minha (e dos demais candidatos que pleitearam ao cargo) indignação e sensação de descaso, por parte do Instituto Machado de Assis, o qual é responsável pela o concurso público realizado na cidade de S. B. do Rio Preto – MA. Com relação ao concurso referente ao cargo de TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA, em S. B. do Rio Preto - MA. Participei do certame, onde a prova dessa área apresentou vários erros, inclusive, faltou uma pagina e foi cancelada. Foi informado no ato da prova, dentro da sala pelo funcionário do instituto, que entrariam em contato com os candidatos para definição de uma nova data para realização da prova para esse cargo, só que não recebemos o devido retorno, e quando entro em contato sempre é repassado que será informada a data de aplicação da nova prova, bem como o ressarcimento das despesas de deslocamento dos candidatos, mas nada é feito a respeito. Estamos nos sentindo lesados, pois já foi divulgação o gabarito definitivo. Gostaríamos que esse informativo fosse divulgado, para que as autoridades possam se mobilizar para que o direto de nos cidadãos, não caiam no descaso".
Encaminhamos a reclamação para o e-mail do Instituto, que ignorou nosso comunicado. Respondemos o e-mail do candidato perguntando se a situação persistia e se poderíamos dar prosseguimento à sua solicitação. Ontem obtivemos como resposta o seguinte:
"Boa tarde,
Sim, a situação persiste! Todos os dias, ligo várias vezes para todos os telefones da sede do Instituto Machado de Assis, mas eles não atendem, não nos dão nenhuma satisfação. No resultado definitivo divulgado da nossa prova de Tecnólogo em Radiologia, eles colocaram todos os candidatos “zerados” e essa informação: “ Não houve classificados para este cargo”. Tentando contato com os outros candidatos pelas redes sociais, consegui localizar mais dois, onde os mesmos, também estão muito preocupados e sem saberem o que fazer mediante essa situação. Sem saber o que fazer, já pensei até em fazer um boletim de ocorrência lá em Teresina, no intuito de tentar fazer algo para obter uma resposta sobre essa situação, pois no Ministério Público em Teresina, nada pode se fazer, pois a denúncia teria quer ser na própria cidade de realização do concurso. Gastei aproximadamente R$300,00 com inscrição, hospedagem e deslocamento de Parnaíba para S. B. do Rio Preto – MA para participar do certame. Estou me sentido enganado e injustiçado com tudo isso, acredito eu que, todos os outros candidatos, também estão com esse mesmo sentimento de injustiça. Faço um apelo a vocês, que pela grande atuação na defesa dos direitos da cidadania e da justiça, que por favor, divulguem e  nos ajude para que essa situação seja apurada e retificada, bem como, para que este referido INSTITUTO, não volte a cometer esse tipo de irregularidade. Desde já, agradeço toda a atenção cedida, e estou à disposição para maiores informações."
Os dois e-mail do candidato já foram encaminhados ao Ministério Público do Maranhão, na Promotoria da Comarca de Urbanos Santos, da qual SBRP é termo.  
Outro esclarecimento necessário é que a Comissão de Acompanhamento do Concurso nomeada pelo prefeito já encaminhou documento ao Secretário de Administração do município narrando fatos e solicitando punição para a empresa, dentre elas multa de 10% do valor do contrato e outras providências previstas em lei.


2 comentários:

g-alvino1 disse...

Este é o verdadeiro papel deste blog do NDDC, é denunciar as autoridades competentes, quando o direito do cidadão é desrespeitado.E quando fazemos [e com as provas, como acontece com estas denuncias, esperamos q o IMA, tome as devidas providências urgentes.
NDDC

Ativa Neto disse...

Parabenizo a NDDC e a este Blog, pela coragem e a atuação forte na defesa dos menos favorecidos.